Bolsonaro recusou vacina a 50% do valor pago por outros países

Publicado por Agência Radioweb -

Bolsonaro recusou vacina a 50% do valor pago por outros países
Compartilhe em suas redes sociais:

O governo Jair Bolsonaro recusou vacinas da Pfizer no ano passado à metade do preço pago por Estados Unidos, Reino Unido e União Europeia. Consideradas caras em agosto de 2020 pelo então ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, até 70 milhões de doses poderiam ter sido entregues a partir de dezembro por US$ 10 cada. A segunda dose do imunizante foi aplicada em quase 23 milhões de brasileiros, 14,25% da população nacional. Foto de Marcos Corrêa/Presidência da República

O governo Jair Bolsonaro recusou vacinas da Pfizer no ano passado à metade do preço pago por Estados Unidos, Reino Unido e União Europeia. Consideradas caras em agosto de 2020 pelo então ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, até 70 milhões de doses poderiam ter sido entregues a partir de dezembro por US$ 10 cada. A segunda dose do imunizante foi aplicada em quase 23 milhões de brasileiros, 14,25% da população nacional. Foto de Marcos Corrêa/Presidência da República

Deixe seu comentário

Escreva seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *